PROGRAMAÇÃO

ALÔ, ALÔ MARCIANO - ILLY CANTA ELIS - PART. SILVA - 16 DE OUT

16 de outubro, às 21H

A partir de R$ 30

Classificação: 12 anos

Liberdade, paixão, força e esperança são temas centrais no show "Alô, alô Marciano - Illy canta Elis". Nele, a grata revelação da cena contemporânea interpreta sucessos da carreira da sua maior ídola. Mesclando leveza ao drama, atitude, sensualidade e um timbre privilegiado, Illy passeia contundente pela obra cantada por Elis. O resultado poderá ser visto no dia 16 de outubro no Theatro Net Rio em única apresentação, às 21h.

A noite terá participação do cantor Silva, direção artística de Pedro Henrique França e no repertório canções como "Fascinação", "Trem azul", "Como nossos pais", "Deitar e rolar", "Ladeira da preguiça", entre outras. As músicas ganharam roupagens mais pop e atuais - com timbres e arranjos modernos - produzidas por Illy, Gabriel Loddo e Guilherme Lirio. "Trouxemos o universo Elis para a linguagem da nossa banda. Algumas versões são totalmente diferentes, mas há também interpretações com maior proximidade às originais", adianta Illy.

Segundo Illy, os temas das faixas gravadas por Elis não podiam ser mais atuais, e aliados à riqueza das melodias e letras convenceram a jovem cantora a embarcar neste projeto. Ela pega o trem azul com seu sotaque, swing e particularidades, mas também com a influência que Elis sempre teve no seu canto.

Este ano Illy cantou "Pelos ares" no álbum tributo da nova cena à Adriana Calcanhotto; lançou as versões acústica e na pista de "Só eu e você" - a última com Duda Beat e ambas com mais de um milhão de plays no Spotify; e participou do single "Nós dois aqui", do cantor Silva. Em junho, ela disponibilizou o remix “Devagarinho 2.0” ao lado de Baco Exu do Blues e Arnaldo Antunes.

Em 2018, a cantora baiana radicada no Rio recebeu ótimas críticas pelo seu álbumde estreia “Voo longe”, com produção de Kassin e Moreno Veloso, figurando emimportantes listas de melhores discos do ano, inclusive na Revista Rolling Stone. Illybrilhou também na websérie “Illy e MPB de todos os sons” cantando ao lado denomes como Caetano Veloso, Chico César, Fágner, Roberta Sá, entre outros.