PROGRAMAÇÃO

JOANA CASTANHEIRA - 27 DE AGO

27 de agosto, às 21h

A partir de: R$ 25

Classificação: 12 anos 

Em Amor Expresso, show de lançamento da carreira autoral da artista Joana Castanheira, ela traz ao palco do Theatro Net Rio no dia 27 de agosto, às 21h, um espetáculo sensível, dramatúrgico e que permeia por muitos universos do que são os encontros e desencontros da vida.

Joana Castanheira começou sua carreira musical na infância, aos sete anos de idade. Foi cantora de coral durante oito anos e, também muito cedo, começou a trabalhar com teatro musical. Em 2014, criou um canal no Youtube para compartilhar versões acústicas de músicas que fizeram sucesso nacional e internacionalmente. Nesses quatro anos, Joana já lançou mais de 300 vídeos e conquistou um público que passa de 200 mil pessoas. Amor Expresso traz ao palco um pouco de todas estas facetas da artista e marca um momento de transição de sua carreia, onde as versões acústicas têm um espaço menor, mas não menos importante e que chega a ser nostálgico.

 

Nesse espetáculo, a artista lança o primeiro single, intitulado Travo, do seu disco que será lançado na íntegra pelo selo Montanha no primeiro semestre de 2019. A faixa, que combina confusão, humor e paixão, foi composta por Paulo Novaes, mas trazida ao público de forma inédita pela voz de Joana.

 

Para fazer parte do espetáculo, que conta com direção artística de Marcos Nauer e direção de produção de Miçairi Guimarães, Joana Castanheira traz como participações alguns nomes da MPB que construirão, junto dela, a dramaturgia deste trabalho. Entre os convidados estão Ana Vilela, autora da música Trem Bala; Gugu Peixoto, vocalista da banda Playmobille e integrante do coletivo Sarau MPB, do qual Joana também faz parte; Day Limns, youtuber e participante da sexta edição do The Voice Brasil; Pedro Viáfora, integrante da banda 5 A Seco e Pedro Alterio, que também é integrante da banda 5 A Seco e, neste trabalho, é produtor musical do disco de Joana que será lançado em 2019.

O projeto DIA DE MÚSICA é patrocinado pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, pelas empresas REDE D'OR e ONS Operador Nacional de Sistema Elétrico por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS.